sexta-feira, 20 de junho de 2008

Primeira Linha Baixada - Barra atenderá população de Caxias e Magé!

Primeira Linha Baixada - Barra atenderá população de Caxias e Magé!

O governador Sérgio Cabral assina, nesta quinta-feira (27/03), às 16h, no Salão Verde do Palácio Guanabara, o contrato para exploração da linha de ônibus Duque de Caxias - Barra da Tijuca, com a integração Magé - Barra da Tijuca, com as empresas vencedoras da licitação realizada pelo Departamento de Transportes Rodoviários (Detro). A operação dos trajetos será feita pelas empresas Transportes Santo Antônio e Viação Vera Cruz, que apresentaram as melhores propostas. A solenidade contará com as presenças do Secretário de Transportes, Júlio Lopes, do Secretário de Fazenda, Joaquim Levy, e do presidente do Detro, Rogério Onofre. As empresas vencedoras mantiveram os valores das tarifas propostos pelo Detro.

No trajeto Duque de Caxias – Barra, a passagem custará R$ 3,90, 32% a menos do que os R$ 5,70 gastos hoje pelos passageiros que realizam este percurso em ônibus urbano, sem ar-condicionado e fazendo baldeação. Entre Magé e Barra da Tijuca, o custo da viagem cai 16%, passando de R$ 11,22 para R$ 9,41. Em ambos os casos, o usuário terá uma economia de R$ 108,60 por mês e R$ 1.303,20 ao ano. De acordo com dados do Plano Diretor de Transportes Urbanos (PDTU), essa linha beneficia 394.520 passageiros por mês.Além da economia, o usuário ganhará em conforto.

Os veículos partirão dos principais terminais rodoviários dos dois municípios da Baixada Fluminense diretamente para o Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca. A frota utilizada será composta por 50 ônibus urbanos equipados com ar-condicionado e com idade-limite de dois anos de uso. Além disso, para facilitar a acessibilidade, no mínimo 10% da frota, ou seja, seis veículos, devem ser adaptados para pessoas portadoras de necessidades especiais, medida inédita no estado. A previsão é de que as linhas entrem em operação no prazo máximo de 90 dias. – Esta é a maior ação de inclusão social realizada pelo governo do estado nos últimos anos. Estamos apenas no início deste processo, que fará com que outros municípios da Baixada Fluminense também possam ser beneficiados com ônibus diretos para a Barra da Tijuca, atendendo a uma população de aproximadamente três milhões e quinhentos mil habitantes –ressaltou o presidente do Detro, Rogério Onofre.

Esta é a primeira concorrência pública da história do Estado do Rio de Janeiro na Região Metropolitana, com outorga remunerada para a administração estadual. No total, foram arrecadados R$ 14.460.336,68 (quatorze milhões, quatrocentos e sessenta mil, trezentos e trinta e seis reais e sessenta e oito centavos) para os cofres estaduais. No ato de assinatura do contrato, as empresas pagarão 50% do valor ofertado, ou seja, R$ 7.230.168,34 (sete milhões, duzentos e trinta mil, cento e sessenta e oito reais e trinta e quatro centavos). O restante será quitado em 12 parcelas. A concessão é de 15 anos, podendo ser prorrogada por uma só vez e, no máximo por igual período, desde que comprovada a excelência da prestação do serviço.

Com relação às linhas que ligarão Japeri, Queimados, Nova Iguaçu, Belford Roxo, Mesquita, Nilópolis e São João do Meriti à Barra da Tijuca, o processo licitatório ainda está em andamento. A Transportadora Tinguá Ltda e a Expresso Cruzeiro do Sul Ltda, que também apresentaram propostas na concorrência, acabaram desclassificadas, mas têm o prazo de cinco dias úteis após a publicação do resultado para recorrer, o que pode acontecer até esta sexta-feira. Após essa data, o Detro encerrará o processo e o governo do estado definirá que medidas serão adotadas para atender as linhas restantes. Segundo o PDTU, deverão circular pelos itinerários que ligam a Baixada Fluminense à Barra da Tijuca, 45.987 passageiros/dia, ou seja, 1.173.480 de usuários ao mês.







Um comentário:

Flavio de Assumpção disse...

E aguardem, dia 08 de setembro... INGÁ e TINGUÁ dividindo operações em Japeri, Queimados e Belford Roxo!!!

Abraços!